Origem do nome da vicinal “João Traficante”, de Franca

Nome da vicinal "João Traficante", de Franca gera curiosidade na região

O nome da rodovia é uma homenagem ao bancário João Traficante, que faleceu aos 75 anos em 1984. Ele não era político, mas tinha grande influência. Foi oficial de gabinete do governador Carvalho Pinto e amigo de Juscelino Kubitschek.

O nome da família tem origem italiana. João nasceu e foi criado em uma casa no bairro Cidade Nova. Construiu sua carreira no antigo Banespa (Banco do Estado de São Paulo). Segundo uma de suas duas filhas, a dona de casa Isaletti Lúcia Traficante, 74, a maior tristeza de João foi ser transferido para uma unidade na capital. Depressivo, o bancário foi internado e pediu transferência para Franca, onde faleceu. Além das filhas, deixou sete netos e dez bisnetos.

A rodovia que leva seu nome já existia, mas sem asfalto. Foi inaugurada somente em setembro de 1980 quando a via foi pavimentada. Foi o prefeito Sidnei Rocha (PSDB), em seu mandato entre 1983 e 87, quem batizou a rodovia.